A Polícia Militar da Bahia (PMBA) promoveu, na noite desta terça-feira (15), a solenidade alusiva ao 3º Prêmio de Gestão da Excelência e Qualidade para certificar 46 unidades e premiar as três que mais se destacaram ao longo de 2020, no auditório do Centro de Operações e Inteligência (COI) da SSP, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

                               

  O Programa de Gestão da Excelência e Qualidade da Corporação iniciou no ano de 1990 a partir de um convênio firmado com a Universidade Federal da Bahia (UFBA) a fim de modernizar administrativa e operacionalmente a PMBA. A Portaria nº 38-CG/17, que instituiu o processo de Certificação das Unidades e o Prêmio Polícia Militar em Gestão da Qualidade, fundamenta-se no Modelo de Excelência em Gestão da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ) e na experiência da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), onde oficiais da Polícia Militar baiana foram capacitados para a premiação anual.

                              

  O objetivo da Certificação de Unidades da PM diz respeito à consolidação de um modelo de gestão da excelência na Corporação, que se apoia no Sistema de Governança (SISGOV) por meio da Portaria nº 002/2017, que permite o monitoramento das ações, dos projetos e dos programas em tempo real de todas as unidades da Polícia Militar.

                              

  As três Unidades com melhores pontuações receberam o troféu do Prêmio Polícia Militar de Gestão da Qualidade e tiveram os nomes inscritos no Livro de Ouro do Modelo de Excelência em Gestão, que fora criado para estimular a melhoria contínua entre as Unidades, ao longo da história da Corporação e que anualmente se mostraram com maior maturidade no modelo de Gestão da Excelência da PMBA. Desse modo, o Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar da Bahia foi agraciado com a 1ª posição do ranking e a 76ª CIPM com a 2ª posição. Já a 3ª colocação foi dividida por duas unidades que terminaram empatadas, sendo ocupadas pelo 16° BPM e a 19ª CIPM.

                             

  Nesta edição, 63 unidades operacionais e administrativas da PM foram indicadas pelos coronéis comandantes regionais e diretores, por serem unidades que estão em um nível de maturidade de gestão que permitiam serem avaliadas para certificação e premiação. No entanto, de todas as unidades inscritas apenas 46 foram certificadas e três premiadas por cumprir todas as exigências iniciais e ter os seus respectivos relatos organizacionais avaliados com base nos critérios da FNQ.

                           

  O comandante geral da PMBA, coronel PM Anselmo Brandão, que presidiu evento e enobreceu a colaboração e participação de todos os envolvidos direta e indiretamente, em especial, dos coronéis do colegiado e os seus respectivos assessores. “Agradeço a participação de todos os envolvidos e reitero a importância de que a adesão das Unidades continue aumentando de forma voluntária com já tem ocorrido ao longo dos anos, como em 2018, quando foram certificadas 23 unidades e em 2019 com a certificação de 20 unidades”, pontou.


    Fonte : Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar da Bahia. 

     

   

  Rádio Web PMBA - Entrevista com Tenente Coronel Edval Filho - Assessor de Planejamento e Gestão do Comando Geral